Ir para conteúdo principal
  
Registar Organismo
A carregar.
ver tudo

Código da Oferta:
OE202111/0331
Tipo Oferta:
Mobilidade Interna
Estado:
Expirada estado
Nível Orgânico:
Ministério da Coesão Territorial
Regime:
Carreiras Gerais
Carreira:
Técnico Superior
Categoria:
Técnico Superior
Grau de Complexidade:
3
Remuneração:
A correspondente à posição remuneratória detida na origem
Suplemento Mensal:
0,00 EUR
Caracterização do Posto de Trabalho:
Técnico superior para o exercício de funções na Divisão Administrativa e Financeira, para desempenho das seguintes tarefas, bem como de outras que lhe sejam afins ou funcionalmente ligadas à área financeira, nomeadamente:
• Assegurar o tratamento contabilístico e efetuar os registos contabilísticos;
• Preparar, elaborar e efetuar o acompanhamento das demonstrações financeiras e orçamentais;
• Colaborar na elaboração e prestação de contas, nomeadamente na elaboração de movimentos de encerramento e preparação de peças e anexos às demonstrações financeiras e orçamentais;
• Apoiar no reporte de informação a entidades externas (Direção Geral do Orçamento, UNILEO, Tribunal de Contas, entre outros;
• Colaborar no acompanhamento financeiro da execução de programas cofinanciados por fundos europeus;
• Assegurar tarefas quotidianas relacionadas com as competências da Divisão Administrativa e Financeira.


Local TrabalhoNº PostosMoradaLocalidadeCódigo PostalDistritoConcelho
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte1Rua Rainha Dona Estefânia, n.º 2514150304 PORTOPorto Porto
Total Postos de Trabalho:
1
Observações:
Recrutamento de um(a) técnico(a) superior por mobilidade na categoria, para a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.
A candidatura deverá ser formalizada mediante requerimento dirigido ao Presidente da CCDR-Norte, remetida exclusivamente por correio eletrónico para dscgaf@ccdr-n.pt, até ao termo do prazo fixado.
A candidatura deve ser claramente identificada com a menção “Recrutamento por mobilidade - Divisão Administrativa e Financeira”.
Do requerimento deverão constar os seguintes elementos:
• Identificação completa do candidato – nome, filiação, nacionalidade, naturalidade, data de nascimento, número e data do bilhete de identidade/cartão de cidadão e serviço de identificação que o emitiu, número de contribuinte fiscal, telefone de contato nas horas de expediente, residência, código postal e endereço para o qual deverá ser remetida qualquer correspondência relativa ao procedimento, caso seja diferente daquela;
• Habilitações literárias;
• Carreira e categoria detida, organismo a cujo mapa de pessoal pertence, com indicação da unidade orgânica de afetação e, ainda, organismo onde exerce funções, e natureza do vínculo à Administração Pública.
O requerimento deverá ser acompanhado dos seguintes documentos:
1. Currículo profissional detalhado, datado e assinado;
2. Declaração emitida e autenticada pelo serviço de origem, da qual conste a relação jurídica de emprego público, a categoria detida, o tempo de serviço na carreira e em funções públicas e a posição remuneratória;
3. Fotocópia do documento comprovativo das habilitações literárias.
A seleção dos candidatos será efetuada com base na análise do currículo profissional, complementada, quando se justifique, com entrevista, sendo apenas convocados os candidatos selecionados e que preencham os requisitos de admissão.
A composição do júri do procedimento é a seguinte:
Presidente: Sandra Cristina Martins Gonçalves de Oliveira, Diretora de Serviços de Comunicação e Gestão Administrativa e Financeira, em regime de substituição.
Vogais efetivos: André Filipe da Costa Guimarães, Chefe da Divisão de Recursos Humanos, em regime de substituição, que substituirá o Presidente nas suas faltas e impedimentos, e Rute Beatriz dos Santos Correia Torres, Chefe da Divisão Administrativa e Financeira, em regime de substituição.
Vogais suplentes: Marta Susana da Silva Ferreira, Chefe da Divisão de Organização e Contratação Pública, em regime de substituição, e José António Pinto, Técnico Superior da Divisão Administrativa e Financeira.
Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição da República Portuguesa, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação.

Relação Jurídica Exigida:
CTFP por tempo indeterminado
Requisitos para a Constituição de Relação Jurídica :
a) Nacionalidade Portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;
b) 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.


Habilitação Literária:
Licenciatura
Descrição da Habilitação Literária:
Licenciatura, preferencialmente nas áreas de Contabilidade, Gestão ou Economia
Grupo Área TemáticaSub-área TemáticaÁrea Temática
Área Temática IgnoradaÁrea Temática IgnoradaÁrea Temática Ignorada
Outros Requisitos:
Ser trabalhador com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente estabelecida e estar integrado na carreira/categoria de Técnico Superior.
Conhecimentos e experiência em Contabilidade Orçamental, Financeira e em SNC-AP.
Competências pessoais/comportamentais:
responsabilidade e compromisso para com o serviço, relacionamento interpessoal e capacidade demonstrada para trabalhar em equipa.
Envio de candidaturas para:
dscgaf@ccdr-n.pt
Contatos:
226 086 300 ou dscgaf@ccdr-n.pt
Data Publicitação:
2021-11-13
Data Limite:
2021-11-26

Jornal Oficial e Órgão de Comunicação Social:
Descrição do Procedimento: