Ir para conteúdo principal
  
Registar Organismo
A carregar.
ver tudo

Código da Oferta:
OE202004/0064
Tipo Oferta:
Procedimento Concursal de Regularização
Estado:
Expirada estado
Nível Orgânico:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
Vínculo:
CTFP por tempo indeterminado
Regime:
Carreiras Gerais
Carreira:
Assistente Técnico
Categoria:
Assistente Técnico
Grau de Complexidade:
2
Remuneração:
€ 693,13
Suplemento Mensal:
0,00 EUR
Caracterização do Posto de Trabalho:
Funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços.


Local TrabalhoNº PostosMoradaLocalidadeCódigo PostalDistritoConcelho
Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa 91Avenida Rovisco Pais, n.º 11049001 LISBOALisboa Lisboa
Total Postos de Trabalho:
91
Observações:

Relação Jurídica Exigida:
Sem Relação Jurídica de Emprego Público - Reconhecimento de Vínculo Precário
Requisitos para a Constituição de Relação Jurídica :
a) Nacionalidade Portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;
b) 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.


Habilitação Literária:
12º ano (ensino secundário)
Outros Requisitos:
Envio de candidaturas para:
recrutamento@drh.tecnico.ulisboa.pt ou Instituto Superior Técnico, Direção de Recursos Humanos (DRH)
Contatos:
218417033
Data Publicitação:
2020-04-02
Data Limite:
2020-04-17

Descrição do Procedimento (incluindo obrigatoriamente o previsto nas alíneas a) e n) a t) do nº. 4 do artigo 11.º da Portaria 125-A/2019):
Procedimento concursal comum para o preenchimento de 91 postos de trabalho na carreira e categoria de Assistente Técnico, do Mapa de Pessoal do IST, para diversas áreas, na modalidade de vínculo de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários na Administração Pública (PREVPAP) (02/TA/2020)
Nos termos do disposto nos artigos 9.º e 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, torna-se público que, por despacho do Presidente do Instituto Superior Técnico, de 31 de março de 2020, se encontra aberto, pelo prazo de 10 (dez) dias a contar da publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal de regularização extraordinária de vínculos precários na Administração Pública (PREVPAP), para constituição de vínculo de emprego público por tempo indeterminado através de contrato de trabalho em funções públicas, tendo em vista o preenchimento de 91 (noventa e um) postos de trabalho no Mapa de Pessoal do Instituto Superior Técnico da carreira e categoria de Assistente Técnico, para as diversas áreas identificadas nas referências constantes do ponto 2 do presente aviso.
Legislação aplicável: Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro (PREVPAP), Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, diploma que aprovou a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, na sua redação atual (doravante designada por LTFP), Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril (doravante designada por Portaria), Lei n.º 2/2020, de 31 de março, diploma que aprovou o Orçamento de Estado para 2020 (doravante designada por LOE 2020), Portaria n.º 1553-C/2008, de 31 de dezembro, na sua redação atual (diploma que aprovou a tabela remuneratória única), e Código do Procedimento Administrativo.
1. Local de trabalho: Instituto Superior Técnico, Campus da Alameda (Avenida Rovisco Pais, 1049-001 Lisboa), Campus do Taguspark (Av. Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva, 2744-016 Porto Salvo) ou Campus Tecnológico e Nuclear (Estrada Nacional 10, 2695-066 Bobadela).
2. Objeto do concurso: O procedimento concursal destina-se à ocupação de 91 postos de trabalho do Mapa de Pessoal para 2020 do IST na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, nos termos constantes do artigo 40.º e seguintes da LTFP, nomeadamente:
Ref.ª A: 2 (dois) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Apoio Geral – Presidência do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos;
Ref.ª B: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Apoio Geral – Gestão do Edifício do Taguspark;
Ref.ª C: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Apoio Geral – Núcleo de Serviços Gerais;
Ref.ª D: 3 (três) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Apoio social e a estudantes – Núcleo de Alojamentos;
Ref.ª E: 6 (seis) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Laboratório de Análises do IST – serviços administrativos e receção;
Ref.ª F: 11 (onze) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Núcleos do Laboratório de Análises do IST;
Ref.ª G: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Instituto de Sistemas e Robótica;
Ref.ª H: 2 (dois) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Presidência do Departamento de Engenharia Química;
Ref.ª I: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Assessoria à gestão – Direções de Serviços de Informática;
Ref.ª J: 3 (três) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Assessoria à gestão – Núcleo de Gestão e Acompanhamento de Contratos;
Ref.ª K: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Assessoria à gestão – Núcleo de Secretariado do Conselho de Gestão;
Ref.ª L: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Assessoria à gestão – Núcleo de Segurança, Higiene e Saúde;
Ref.ª M: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Biblioteca e documentação – Área de Bibliotecas, Arquivo e Centro de Congressos;
Ref.ª N: 2 (dois) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão académica – Área de Gestão RH e Académicos Taguspark.
Ref.ª O: 3 (três) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão académica – Área de Pós-Graduação;
Ref.ª P: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão académica – Direção Académica;
Ref.ª Q: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão académica – Gabinete de Organização Pedagógica;
Ref.ª R: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão de recursos humanos – Núcleo de Atendimento e Documentação (DRH);
Ref.ª S: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão de recursos humanos – Núcleo de Prestação de Trabalho;
Ref.ª T: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Direção Técnica – Gestão de Espaços Pavilhões de Minas e Mecânica I, II e IV;
Ref.ª U: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Direção Técnica – Secretariado;
Ref.ª V: 3 (três) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Gestão do Edifício do Taguspark;
Ref.ª W: 7 (sete) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Núcleo de Manutenção;
Ref.ª X: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Núcleo de Obras;
Ref.ª Y: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Presidência do Departamento de Engenharia Informática;
Ref.ª Z: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Direção Contabilística;
Ref.ª AA: 4 (quatro) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Direção de Projetos;
Ref.ª AB: 2 (dois) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Contabilidade;
Ref.ª AC: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Execução Orçamental;
Ref.ª AD: 4 (quatro) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Tesouraria;
Ref.ª AE: 4 (quatro) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Compras e Aprovisionamento;
Ref.ª AF: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Gestão financeira e de projetos – Presidência do Departamento de Engenharia Informática;
Ref.ª AG: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Relações com o exterior – Área de Transferência de Tecnologia;
Ref.ª AH: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Relações com o exterior – Gabinete de Comunicação e Relações Públicas;
Ref.ª AI: 4 (quatro) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Relações com o exterior – Núcleo de Gestão do Museu e Centro de Congressos;
Ref.ª AJ: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Energia;
Ref.ª AK: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Projeto Mecânico e Materiais Estruturais;
Ref.ª AL: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Departamento de Engenharia Ciências Nucleares - Presidência;
Ref.ª AM: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores - Taguspark;
Ref.ª AN: 2 (dois) Assistentes Técnicos para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Presidência do Departamento de Engenharia Informática;
Ref.ª AO: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Presidência do Departamento de Matemática;
Ref.ª AP: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Mecânica Estrutural e Estruturas;
Ref.ª AQ: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Minas e Georrecursos;
Ref.ª AR: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Tecnologias de informação e comunicação – Núcleo de Design e Multimédia;
Ref.ª AS: 1 (um) Assistente Técnico para exercer funções na área de Tecnologias de informação e comunicação – Núcleo de Redes e Comunicações.
3. Fundamentos para a abertura do procedimento concursal comum: o presente procedimento concursal é aberto no âmbito do PREVPAP, para regularização das situações de trabalho precário previstas no artigo 3.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro.
4. Caracterização dos postos de trabalho: 91 (noventa e um) postos de trabalho a ocupar na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, em conformidade com o estabelecido no Mapa de Pessoal aprovado para 2020. Funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços.
Ref.ª A: Apoio Geral – Presidência do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos (DECivil) - Apoio logístico e operacional aos pisos de salas de aula do Pavilhão de Civil; apoio à presidência do DECivil (entrega e recolha de correio interno e externo; entregas e serviços internos - Pavilhão de Civil e IST Campus Alameda - e externos; serviço de receção no Pavilhão e Civil); apoio ao museu do DECivil; apoio ao Gestor do Pavilhão de Civil; abertura das salas de aula às 7h30 e ajuda em mudanças e arrumações no Pavilhão de Civil.
Ref.ª B: Apoio Geral – Gestão do Edifício do Taguspark - Correio/Expedição; apoio aos Espaços Letivos.
Ref.ª C: Apoio Geral – Núcleo de Serviços Gerais - Verificação da faturação do NSG e elaborar as respetivas requisições externas; organização do material proveniente de mudanças internas do IST bem como a elaboração de autos de abate caso se justifique; elaborar as reservas e manter atualizadas as agendas do salão nobre, átrio e utilização das viaturas do IST; verificação da faturação do NSG e elaborar as respetivas requisições externas; elaboração de requisições internas referentes aos pedidos ao NM, economato, telecomunicações, etc. resultado dos pedidos feitos a este núcleo no âmbito da gestão de espaços; organização do material proveniente de mudanças internas do IST bem como a elaboração de autos de abate caso se justifique; auxiliar na gestão dos consumíveis dos diversos pavilhões da coordenação.
Ref.ª D: Apoio social e a estudantes – Núcleo de Alojamentos - 1) Serviço de reservas e apoio: serviço de reservas - consultas e registos e rotinas de apoio ao serviço de reservas e atendimento (efetuar as operações de reserva em função dos pedidos, planificação e distribuição dos quartos de forma a maximizar a utilização da capacidade de alojamento da unidade; utilizar aplicações informáticas utilizadas nos serviços; desenvolver a prestação de serviços de reservas e apoio, aplicando nas diversas situações de interação exigidas, em língua inglesa); 2) Acolhimento e assistência ao residente/cliente: acolhimento check-in (em português e Inglês); assistência ao residente/cliente; acolhimento e assistência ao residente/cliente em língua inglesa; check-out (em português e Inglês (aplicar os procedimentos e efetuar as operações necessárias ao acolhimento e assistência a residentes/clientes durante a estadia; atender reclamações e sugestões, identificando as necessidades e expectativas dos clientes e assegurando a sua resolução/satisfação; comunicar com o residente/cliente nas diversas situações de interação exigidas no atendimento em língua inglesa, sempre que necessário); 3) Alojamento - supervisão e coordenação: aprovisionamento, armazenagem e controlo de existências em alojamento; supervisão e coordenação de equipas no alojamento; gestão de reclamações; deslocações de controlo entre as residências do IST e reporte de todas as situações ao Coordenador do Núcleo de Alojamentos (aplicar os procedimentos e as técnicas apropriadas à gestão de stocks em alojamento; coordenar equipas de trabalho no âmbito dos andares, lavandaria e receção; efetuar a gestão de reclamações dos residentes/clientes, e definir e/ou participar na definição de medidas corretivas, com a supervisão do Coordenador do Núcleo de Alojamentos).
Ref.ª E: Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Laboratório de Análises do IST – serviços administrativos e receção - Receção de amostras; registo informático das amostras; atendimento de clientes e fornecedores; compras (aquisição de bens e serviços); orçamentação; faturação.
Ref.ª F: Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Núcleos do Laboratório de Análises do IST - Realização de Ensaios Analíticos; realização de colheita de amostras; elaboração de métodos analíticos e instruções de trabalho; alertar o respetivo Responsável de Núcleo sempre que surjam situações imprevistas e que possam eventualmente afetar as análises por si realizadas; análise com sentido crítico dos resultados obtidos nas determinações; inserção dos resultados analíticos por si obtidos no programa informático; execução de todas as suas atividades salvaguardando a sua confidencialidade e imparcialidade.
Ref.ª G: Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Instituto de Sistemas e Robótica - Funções de técnico de laboratório no ISR, nomeadamente dando apoio informático ao centro e aos equipamentos do Laboratório de Visão por Computador. As funções incluem o apoio a sistemas informáticos e rede de computadores do ISR, além das várias plataformas experimentais, algumas das quais únicas em Portugal, tais como: a plataforma robótica iCub, o robot humanoide mais avançado do mundo em termo de graus de liberdade. Inclui o desenvolvimento e manutenção de peças mecânicas, eletróncia e software; sistemas de eye tracking, baseados em monitores ou óculos moveis, reparação e manutenção da eletrónica e sensores; sistemas de motion tracking, do tipo optitrack, reparação e manutenção da eletrónica e setup; apoio ao desenvolvimento de peças mecânicas, nomeadamente modelação 3D, desenho de eletrónica e software para plataformas robóticas desenhadas no ISR tais como o Robot Social Vizzy, e a plataforma de estimulação física e cognitiva AHA; desenvolvimento de sensores especializados, nos aspetos mecânicos, eletrónica e integração, nomeadamente sensores de tato e câmaras omnidirecionais com espelhos.
Ref.ª H: Apoio técnico, laboratórios e oficinas – Presidência do Departamento de Engenharia Química - Gestão, incluindo aquisição, manipulação, arrumação e controle de existências, de reagentes materiais de vidro e equipamentos laboratorial; inventários informáticos de reagentes, material de vidro e equipamento científico; apoio às aulas de laboratório quer fazendo a gestão adequada dos recursos quer na realização das montagens experimentais, preparação de soluções ou qualquer outra tarefa necessária.
Ref.ª I: Assessoria à gestão – Direções de Serviços de Informática – Secretariado das Direções de Serviços de Informática, designadamente elaboração de ofícios e outros processos administrativos e organização administrativa de missões, bolsas de investigação e processos de aquisição de bens e serviços.
Ref.ª J: Assessoria à gestão – Núcleo de Gestão e Acompanhamento de Contratos - Preparação do procedimento de aquisição de serviços e bens ao abrigo do Código dos Contratos Públicos (CCP); preparação das peças do procedimento (caderno de encargos, programa de procedimento e convite) com vista à aquisição de serviços e/ou bens e concessão de espaços; acompanhamento da execução e gestão de contratos, no âmbito do CCP; utilização de plataformas de compras, nomeadamente Vortal.Gov; utilização na plataforma utilizada pelo Portal BASE, designadamente BaseGov; lançamento de registos no sistema SAP.
Ref.ª K: Assessoria à gestão – Núcleo de Secretariado do Conselho de Gestão - Preparação e organização de reuniões internas ou externas e elaboração das respetivas atas; apoio de secretariado ao Conselho de Gestão e gestão de agenda dos Vice-Presidentes do Conselho de Gestão; utilização de aplicações informáticas da rede Intranet do IST (nomeadamente, Request Tracker, Fénix, Central de Compras); elaboração de ofícios e outros processos administrativos; organização de arquivo de documentos em suporte digital e papel; responsabilidade de Fundos de Maneio; organização administrativa de missões e processos de aquisição de bens e serviços em entidades públicas; aplicação frequente da língua inglesa, falada e escrita; organização de reuniões.
Ref.ª L: Assessoria à gestão – Núcleo de Segurança, Higiene e Saúde - Serviço na receção do Complexo Interdisciplinar que inclui abertura e encerramento de portas quando solicitado pelos respetivos utilizadores, bem como das portas da Sala de Reuniões e Anfiteatro com utilização da ferramenta informática disponibilizada; acompanhamento e apoio a todos os eventos que ocorrem no Anfiteatro Abreu Faro; verificação e deteção de alguma anomalia no Complexo Interdisciplinar e respetiva informação à Gestão do Edifício; registo de todas as chaves do chaveiro geral do Complexo Interdisciplinar utilizadas diariamente; controlo das entradas e saídas de serviço do pessoal de limpeza que efetua serviço no Complexo Interdisciplinar com respetiva entrega e recolha de chaves atribuídas; receção e/ou encaminhamento das encomendas dirigidas a utilizadores do edifício e entregues por transportadoras; distribuição do correio de e para o Complexo Interdisciplinar com utilização de ferramenta informática disponibilizada; acompanhamento de serviço de manutenção efetuados e quando solicitado pela Gestão de Espaços do Complexo Interdisciplinar; ligar e desligar iluminação nos espaços dos edifícios; registo de perdidos e achados; operação de sistemas de segurança; elaboração de relatórios com as situações identificadas.
Ref.ª M: Biblioteca e documentação – Área de Bibliotecas, Arquivo e Centro de Congressos - Registar, catalogar, organizar, cotar e acondicionar documentos, em qualquer suporte, segundo o normativo internacional e as regras de organização da coleção da Biblioteca do IST; gestão do catálogo bibliográfico; participar na avaliação, seleção, aquisição e eliminação de documentos, de acordo com a Política de Desenvolvimento de Coleções da Biblioteca do IST; conhecer e aplicar os formatos MARC (Unimarc e Marc 21) na introdução dos dados bibliográficos no software Koha; realizar o serviço de atendimento, de empréstimo, de reservas e de pesquisa bibliográfica; colaborar em tarefas de gestão de recursos, gestão de projetos e gestão da qualidade relacionadas com a promoção e desenvolvimento da Biblioteca; conhecer os princípios básicos da conservação preventiva de documentos; dominar ferramentas de informática na ótica do utilizador e utilização de ferramentas Web; participar na construção de inventários, catálogos, guias e índices, utilizando sistemas manuais ou automatizados, em bibliotecas e serviços de documentação.
Ref.ª N: Gestão académica – Área de Gestão RH e Académicos Taguspark - - Atendimento ao público; emissão de declarações; matrículas e inscrições; cobrança de propinas, taxas e emolumentos; gestão dos processos de equivalências; emissão de certidões e suplemento ao diploma; gestão dos processos dos estudantes de mobilidade e internacionais; despacho Conselho Científico; gestão de candidaturas; gestão do arquivo; gestão dos estatutos; unidades curriculares isoladas; gestão da correspondência.
Ref.ª O: Gestão académica – Área de Pós-Graduação (APG) - Garantir a eficácia dos procedimentos administrativos e financeiros relacionados com a apresentação de candidaturas, matrículas e submissão de teses de doutoramento; garantir níveis de eficiência elevados na inserção de informação nos sistemas de informação que suportam a gestão académica da APG; resposta a RTs em tempo útil; garantir níveis de atendimento ao público de qualidade que contribuam para uma imagem muito positiva da APG; garantir a regularidade dos procedimentos administrativos relacionados com o encerramento dos processos abertos no âmbito do ensino de pós-graduação conferente de grau académico; garantir a eficácia dos procedimentos administrativos relacionados com a realização de Provas Académicas (Doutoramento e Agregação) e a instrução de processos de reconhecimento de grau ou equivalências; resposta a RTs em tempo útil; identificar as dívidas de propinas existentes após as datas limites de pagamento, designadamente 28 de fevereiro e 31 de agosto, diligenciando para que as mesmas sejam regularizadas; verificar os pagamentos efetuados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), relativos a pagamentos de custos de formação (propinas) no âmbito de bolsas de doutoramento e instruir eventuais acertos de contas entre o IST e a FCT.
Ref.ª P: Gestão académica – Direção Académica - Atendimento presencial e via mail; verificação da conformidade das Dissertações de Mestrado; introdução de creditações; matrículas e inscrições; validações de currículos de alunos de Pré-Bolonha.
Ref.ª Q: Gestão académica – Gabinete de Organização Pedagógica - Instalação e manutenção dos meios audiovisuais de apoio às atividades de ensino ou outras -IST/Alameda.
Ref.ª R: Gestão de recursos humanos – Núcleo de Atendimento e Documentação (DRH) - Atendimento dos utentes da DRH, presencialmente, telefónico e via correio eletrónico: receção dos utentes; prestação das informações solicitadas, de imediato ou em momento posterior, utilizando recursos informáticos como o SAP, Portal SAP e Plataforma Fénix; receção, verificação e registo nas Aplicações Centrais no módulo de correspondência dos documentos entregues pelos utentes, presencialmente ou por outras vias, e emissão do respetivo recibo; encaminhamento da documentação recebida para os núcleos competentes; processamento do correio eletrónico institucional dirigido à DRH, através do sistema Request Tracker; utilização da língua inglesa falada e escrita; atendimento telefónico institucional dos utentes.
Ref.ª S: Gestão de recursos humanos – Núcleo de Prestação de Trabalho - Desenvolvimento de tarefas no âmbito da gestão de assiduidade e tempos de trabalho, em especial horários, férias e justificação de faltas; utilização intensiva das ferramentas informáticas em uso no IST, incluindo SAP e Portal SAP, Request Tracker e Plataforma Fénix; aplicação profissional de língua inglesa, falada e escrita; atendimento presencial, telefónico e por correio eletrónico dos utentes.
Ref.ª T: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Direção Técnica – Gestão de Espaços Pavilhões de Minas e Mecânica I, II e IV - Manter um inventário permanentemente atualizado dos consumíveis e bens afetos à respetiva Direção. - Assegurar a funcionalidade dos Espaços dos Pavilhões de Minas, Mecânica I, Mecânica II, Mecânica III (neste, apenas Serviços de Higiene e Limpeza) e Mecânica IV, de forma a permitir a criação das melhores condições para o desenvolvimento das atividades de Ensino e Investigação da Escola; garantir a facilidade de acesso por alunos e docentes às Salas de Aula dos referidos edifícios; apoiar na gestão dos edifícios e assegurar uma colaboração muito estreita com os Núcleos de Manutenção e Obras, de forma a garantir a necessária manutenção, conservação e beneficiação dos espaços e equipamentos do IST, através do acompanhamento das obras e/ou sua manutenção nos referidos edifícios; apoiar na gestão dos edifícios referidos, colaborando na programação e planeamento das atividades, permanentes e eventuais, e assim garantir, em colaboração com outros Núcleos do IST, em particular com o Gabinete de Organização Pedagógica, no respeitante à ocupação das Salas de Aula, e com os Núcleos de Gestão e Acompanhamento de Contratos e Manutenção, no respeitante à disponibilidade e bom funcionamento dos equipamentos, a realização de aulas e outras atividades de ensino e investigação nas melhores condições possíveis; prestar apoio na gestão dos edifícios referidos, a todos os eventos realizados nos espaços físicos do IST, promovidos pelos Órgãos e Serviços do IST ou devidamente autorizados por aqueles, e enquadrados no âmbito das normas aprovadas pelo Conselho de Gestão e/ou pela Comissão Executiva dos Departamentos; cooperar com o Núcleo de Segurança, Higiene e Saúde, através da vigilância dos espaços dos referidos Pavilhões e na realização de operações de rotina, e ainda alertar o referido Núcleo, para eventuais problemas relacionados com a segurança de pessoas e bens, ou de Higiene e Segurança no Trabalho que possam, eventualmente, ocorrer; cooperar com o NGAC, - Núcleo de Gestão e Acompanhamento de Contratos -, garantindo a limpeza das instalações e supervisionando as atividades de limpeza e higiene, nomeadamente aquelas sob contrato, e fiscalizando o cumprimento desses mesmos contratos por parte dessas mesmas empresas; efetuar a gestão dos recursos humanos, nomeadamente coordenando o Pessoal Auxiliar, equiparado ou outro que esteja sob sua supervisão; garantir, em estreita colaboração com o NGAC – Núcleo de Gestão e Acompanhamento de Contratos -, o funcionamento adequado de todos os serviços externos contratados (Outsourcing), assegurando, sempre que possível, áreas disponíveis para os meios materiais e humanos colocados pelas empresas contratadas, nos respetivos edifícios; assegurar a operacionalidade e atualização de todos os chaveiros e sinalética interior de todos os espaços físicos dos referidos edifícios; cooperar com o NGAC – Núcleo de Gestão e Acompanhamento de Contratos e com o Núcleo de Compras e Aprovisionamento, nas prospeções de mercado e acompanhar os processos administrativos de aquisição de bens e serviços necessários ao bom funcionamento da respetiva Gestão de espaços; remeter para a Área Contabilística toda a documentação justificativa das despesas efetuadas; elaborar e manter atualizados os ficheiros de fornecedores e executar todo o expediente necessário; assegurar a avaliação dos recursos humanos sob a respetiva supervisão no âmbito do SIADAP.
Ref.ª U: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Direção Técnica – Secretariado - Organização e gestão de um arquivo de documentação e expediente produzidos ou endereçados à Direção Técnica e respetivas Coordenações de Área; organização e gestão de um serviço de economato, nomeadamente, de consumíveis de escritório e informática para a Direção Técnica e respetivas Coordenações de Área; introdução e lançamento dos procedimentos de aquisição de bens e serviços para a Direção Técnica na plataforma eletrónica da Central de Compras do IST (DOT), no âmbito do início de procedimentos de ajuste direto – regime simplificado, previstos no Código dos Contratos Públicos (CCP); colaboração contínua e permanente ao nível do secretariado e apoio técnico-administrativo a todos os dirigentes da Direção Técnica; proceder à atualização de endereços, listas telefónicas e outras relações de interesse ao expediente no âmbito das atribuições e competências da Direção Técnica; proceder à divulgação interna das normas, regulamentos e demais diretivas superiores de carácter genérico emanadas e produzidas pela Direção Técnica; remeter para os serviços competentes toda a documentação justificativa das despesas, no âmbito da Direção Técnica; execução dos processos administrativos de aquisição de bens e serviços necessários à Direção Técnica, submetendo-os a decisão superior junto dos dirigentes da respetiva Direção; apoio técnico e informatização de diversos formulários e impressos no âmbito da execução de trabalhos específicos que lhe são solicitados pelos vários dirigentes da Direção Técnica; apoio técnico na execução e atualização permanente da página WEB da Direção Técnica; manter um inventário permanentemente atualizado dos consumíveis e bens afetos à respetiva Direção.
Ref.ª V: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Gestão do Edifício do Taguspark - Coordenação da equipa da Gestão de Edifício; gestão do parque audiovisual; segurança do edifício, ligação ao campus da Alameda (Núcleo de Obras, Núcleo de Manutenção, NGAC); controlo de consumos (eletricidade / água / gás); gestão operacional dos contratos de manutenção externos - limpeza, sistemas de incêndio, consumíveis e higiene; acompanhamento de manutenção e pequenas intervenções AVAC; gestão central de compras no âmbito da manutenção do edifício; gestão da oficina; pequena manutenção; obras; canalização; eletricidade; manutenção de carreteis; manutenção da ETAR; reserva de espaços, horários das salas de aula; apoio a eventos; preparação de espaços letivos; atualização das bases de dados de acessos ao edifício.
Ref.ª W: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Núcleo de Manutenção (NM) - Executar manutenção corretiva e preventiva nas instalações elétricas de baixa tensão, nomeadamente motores, disjuntores, quadros elétricos, rede de tomadas, sistema de iluminação normal e de emergência, etc.; executar inspeções programadas para detetar e corrigir defeitos e anormalidades dos sistemas elétricos; instalar redes de baixa tensão, caminhos de cabos, circuitos de iluminação, incluindo comando e circuitos de força; substituição de tomadas, lâmpadas, interruptores, balastros, etc.; eletrificação de quadros distribuição de baixa tensão; acompanhamento e preparação de infraestruturas para a realização de serviços contratados a entidades externas de manutenção de equipamentos da rede elétrica como sejam por exemplo Grupos Geradores ou Postos de Transformação de Energia Elétrica; realização de operações de manutenção preventiva ou corretiva em instalações AVAC (diagnóstico de avarias em equipamentos de refrigeração, substituição de componentes num circuito frigorífico (compressor, válvulas, etc.); soldadura de tubagem de cobre; retificação da instalação eletromecânica com montagem de componentes elétricos (contactores, arranque estrela-triângulo); compreensão de esquemas elétricos de controlo e potência, compreensão do funcionamento de circuitos hidráulicos (bombas hidráulicas, válvulas de controlo de caudal); manutenção em circuitos de ou aparelhos de ventilação (substituição de ventiladores, controlo de funcionamento por variação de frequência, registos de controlo de caudal de ar, filtros, etc.); manuseamento de instrumentação (anemómetro, caudalímetro, sonda de temperatura e humidade)); funções de natureza administrativa, de apoio à Coordenação e aos Técnicos Superiores do NM (pesquisa no mercado e orçamentação de peças de substituição para aplicação pelos operacionais do NM, conforme necessidades expressas pelas equipas; triagem e aceitação de pedidos de intervenção em software de gestão da manutenção; apoio ao processo de armazém do NM, na gestão do seu inventário e demais processos associados ao funcionamento do armazém; acompanhamento de prestadores de serviços em apoio à Coordenação do NM, em intervenções associadas, por exemplo, a grupos de bombagem, vidraceiro, ar comprimido, elevadores, reparações de motores, ventiladores e bombas AVAC; responsabilidade por triagem, atendimento e fecho de Ordens de Trabalho (OT) de todas as especialidades do NM, com controlo da mão de obra de materiais consumidos; controlo semanal do atendimento das OT's em apoio aos Técnicos Superiores de cada especialidade, sinalizando volume de trabalho em curso, atrasos resposta, necessidades de compra de material e demais indicadores criados para seguimento de produtividade dos operacionais do NM; apoio ao processo de armazém do NM, na gestão do seu inventário e demais processos associados ao funcionamento do armazém; apoio no controlo administrativo da execução dos contratos de manutenção com base no software de gestão de manutenção; responsabilidade no processo de armazém do NM, como por exemplo catalogação técnica de todos os artigos em armazém, gestão das entregas de material aos operacionais e respetivos registo em software de manutenção, avisos de ruturas de material, tendo em conta critérios definidos pela Coordenação do NM, no sentido de despoletar processos de compra para reposição, arrumação geral do espaço de armazém, execução de inventários gerais periódicos, gestão do espaço de armazém e sua organização e arrumação); realização de operações de manutenção preventiva e curativa em equipamentos associados a serralharia e ou construção civil, como sejam por exemplo, a reparação de estores, fabricação de chaves, etc..
Ref.ª X: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Núcleo de Obras (NO) - Apoio administrativo no controlo de execução de projetos (inserir dados estatísticos de execução de projetos; registo de custos internos de execução de projetos e estudos; normalização das peças escritas do procedimento de empreitada para enviar para o NGAC ou para ficar no arquivo digital do NO); apoio administrativo na gestão e fiscalização de Obras (redigir comunicações escritas com o empreiteiro geral, atualizar o arquivo de atas de reunião de obra e atualização de toda a informação da obra; tratamento administrativo da documentação de execução dos contratos, como autos de consignação e receção provisória, prorrogações de prazo, autos de medição e faturas; verificação de que todos os passos administrativos da empreitada estão a ser executados e aprovados pelo dono de obra e fiscalização e respetiva articulação com o coordenador de Núcleo); apoio administrativo no processo de avaliação da empreitada e empresas (atualização e inserção de informação/relatórios técnicos de avaliação da empreitada e/ou soluções técnicas; inquérito de satisfação da obra por serviço e/ou utilizador em conjugação com o IRIS, Sugerist e outras ferramentas); expediente de correio e demais atividades administrativas com ligação a outros serviços do IST, como controlo do material de economato e execução de outras tarefas administrativas, de acordo com a necessidade do serviço e orientação superior, dentro das suas competências e no âmbito do conteúdo funcional.
Ref.ª Y: Gestão e manutenção de instalações e equipamentos – Presidência do Departamento de Engenharia Informática (DEI) - Elaborar relatório trimestral das condições de utilização dos espaços do DEI e de intervenções solicitadas/realizadas; gerir e assegurar a manutenção das instalações do DEI na Alameda; gerir e assegurar o bom funcionamento do equipamento audiovisual (videoconferências, projetores e câmaras de vídeo); assegurar a pesquisa de mercado para todas as aquisições de bens a adquirir para as instalações e serviços do departamento (definição do problema, definir objetivos de pesquisa, elaborar plano de pesquisa, recolha de informação, analisar a informação recolhida e apresentação dos resultados à Coordenação).
Ref.ª Z: Gestão financeira e de projetos – Direção Contabilística - Funções de natureza administrativa e contabilística, poderá prestar apoio no processamento de despesas e receitas; na classificação e registo de documentos na ótica patrimonial; na verificação da documentação associada à instrução dos processos de imputações internas; na verificação de registos de apoio à elaboração e prestação de contas; na recolha de dados para preparação de mapas na ótica financeira; realiza tarefas inerentes ao expediente geral e arquivo.
Ref.ª AA: Gestão financeira e de projetos – Direção de Projetos – Gestão financeira de projetos de investigação financiados por entidades nacionais e estrangeiras, nomeadamente apoio na elaboração de candidaturas, acompanhamento e garantia da execução financeira, execução dos relatórios financeiros e acompanhamento de auditorias.
Ref.ª AB: Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Contabilidade - Funções de natureza administrativa e contabilística, poderá prestar apoio no processamento de despesas e receitas; na classificação e registo de documentos na ótica patrimonial; na emissão de ordens de pagamento; na emissão de faturação; na reconciliação bancária; na verificação da documentação associada à instrução dos processos de contratação pública; na recolha de dados para preparação de mapas na ótica financeira; realiza tarefas inerentes ao expediente geral e arquivo.
Ref.ª AC: Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Execução Orçamental - Funções de natureza administrativa e contabilística, poderá prestar apoio no processamento de despesas e receitas; na classificação e registo de documentos na ótica orçamental; na preparação de alterações orçamentais; na preparação de mapas de apoio à elaboração do orçamento e prestação de contas; na recolha de dados para preparação de mapas na ótica orçamental; realiza tarefas inerentes ao expediente geral e arquivo.
Ref.ª AD: Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Tesouraria - Funções de natureza administrativa e contabilística, poderá prestar apoio no processamento de despesas e receitas; na classificação e registo de documentos na ótica patrimonial de pagamento e recebimento; na emissão de pagamentos e reconhecimento de recebimentos; na emissão de faturação; na verificação da documentação associada à instrução dos processos de pagamentos e recebimentos; realiza tarefas inerentes ao expediente geral e arquivo.
Ref.ª AE: Gestão financeira e de projetos – Núcleo de Compras e Aprovisionamento - Expedição de material de acordo com as requisições internas; lançamento de saídas de material no sistema informático SAP; gerar e analisar documentos associados (guias de saída e requisições internas); zelar pelas boas condições de armazenagem dos materiais, arrumando-os e retirando-os para fornecimento; reposição de material por localização predefinida e reporte de falhas; apoio na inventariação e contagem de stocks; apoio administrativo no contacto regular com colaboradores da instituição; lançamento de entradas de material no sistema informático SAP; controlo de faturas e respetivas requisições e encaminhamento para as unidades de exploração; levantamento de necessidades para aquisição dos materiais não existentes em stock (compras diretas); procedimentos de aquisição ao abrigo do ajuste direto regime simplificado do Código dos Contratos Públicos; conferência das guias de saída e respetivas devoluções ou estornos; apoio administrativo no contacto com fornecedores internos e externos; realizar outras atividades ou tarefas sempre que sejam consideradas necessárias à prossecução dos objetivos do respetivo Núcleo.
Ref.ª AF: Gestão financeira e de projetos – Presidência do Departamento de Engenharia Informática - Responsabilidade da gestão de fundos de maneio; organização administrativa de processos de missões e processos de aquisição de bens e serviços em entidades públicas; utilização de aplicações informáticas da rede Intranet do IST, nomeadamente SAP, Request Tracker, Fénix, Central de Compras; executar as tarefas inerentes aos recursos humanos docentes e não docentes.
Ref.ª AG: Relações com o exterior – Área de Transferência de Tecnologia - Secretariado da Área de Transferência de Tecnologia; atendimento telefónico e presencial a docentes, alunos e empresas; gestão administrativa e financeira dos Centros de Custo da Área e projetos de investigação incluindo instrução de processos de aquisição na plataforma de compras do IST, gestão de orçamento, contabilidade e emissão de requisições; elaborar registo de toda a correspondência oficial. Manter arquivo organizado e atualizado de toda a documentação; apoiar a preparação de candidaturas e de relatórios técnicos e financeiros de projetos de investigação; apoio administrativo, registo e arquivo de contratos; responsável pela organização e registo de toda a documentação e pagamentos de marca e patentes nacionais e internacionais junto do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), Agentes Oficiais da Propriedade da Propriedade Industrial (AOPI) e entidades internacionais; apoio na preparação de processos de bolsas e prémios atribuídos a alunos do IST, e na gestão rede de parceiros do Técnico; apoio na organização de eventos, logística, registo e receção de participantes.
Ref.ª AH: Relações com o exterior – Gabinete de Comunicação e Relações Públicas - Receção central do Instituto Superior Técnico, atendimento presencial e telefónico da linha geral; atendimento ao cliente na loja do Instituto Superior Técnico; gestão de stocks e inventário da loja; apoio técnico e administrativo a todos os assuntos referentes ao atendimento geral.
Ref.ª AI: Relações com o exterior – Núcleo de Gestão do Museu e Centro de Congressos - Atendimento ao público, em português, inglês, francês, alemão e espanhol (marcação de realizações, apoio logístico ao desenrolar de eventos, a organizadores e participantes, apoio ao serviço de cafetaria); organização e apoio a eventos de grande dimensão (salas, cafetaria, etc.); expediente geral; receção, organização e arquivo de documentação; elaboração de documentos recorrendo a ferramentas Windows em especial Word, Excel PowerPoint e Outlook; elaboração de quadros e gráficos somativos anuais, das atividades do Centro de Congressos; organização e marcação de reuniões; contacto com fornecedores; apoio técnico ao equipamento audiovisual, com responsabilidade de interligação por cablagem, montagem, manutenção e melhoramentos e pesquisas de mercado visando incremento da adaptação e qualidade ou substituição de equipamentos; apoio ao desenrolar das realizações, nomeadamente em sistemas de projeção, sistemas de captação, amplificação e gravação de som analógico ou digital, sistemas de transmissão de televisão em circuito fechado e sistema de tradução simultânea; atendimento ao público para esclarecimento, aconselhamento e testes com material audiovisual e seus interfaces; apoio à realização de videoconferências em várias plataformas e à transmissão por streaming; marcação de realizações; apoio logístico à organização das salas; aquisições de consumíveis e equipamentos de cafetaria; elaboração de ementas; preparação dos serviços de cafetaria; contacto com os fornecedores; pesquisas de mercado, visando a melhoria e a diversificação do serviço prestado; realização de processos de conservação e restauro em peças museológicas das várias coleções de instrumentos científicos e técnicos das coleções do Técnico; elaboração das fichas respetivas; contactos com os vários núcleos museológicos da instituição, com vista à elaboração de planos de intervenção e calendarização das mesmas, por prioridades; elaboração de listas de aquisições necessárias ao desenvolvimento dos processos a levar a cabo.
Ref.ª AJ: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Energia (ACEn) - Apoio às atividades da ACEn no contacto com os serviços do IST, incluindo os processos de missões, aquisições e execução financeira; apoio aos alunos envolvidos em UCs da responsabilidade da ACEn, incluindo dissertações de mestrado e teses de doutoramento; organização da documentação respetiva à atividade da ACEn; apoio à coordenação da ACEn no contacto com docentes e investigadores da ACEn e na participação em tarefas extraordinárias no âmbito da ACEn, com a concordância da Coordenação da ACEn.
Ref.ª AK: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Projeto Mecânico e Materiais Estruturais - Apoio administrativo de todos os docentes e investigadores da área científica na gestão e marcação de reuniões (apoio em processos administrativos correntes, comunicação com a coordenação de área, departamento e serviços centrais do IST); apoio na gestão de espaços e na gestão do orçamento da área científica.
Ref.ª AL: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Departamento de Engenharia Ciências Nucleares – Presidência - Assessoria à administração universitária pública e à organização de eventos públicos; organização de processos de aquisição de bens e serviços em entidades públicas; organização de processos de missões; assessoria à gestão de projetos de investigação e à gestão de processos académicos.
Ref.ª AM: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores – Taguspark (DEEC-TP) - Apoio às atividades do DEEC-TP no contacto com os serviços do IST, incluindo os processos de missões, aquisições e execução financeira; apoio aos alunos envolvidos em UCs da responsabilidade do DEEC-TP, incluindo dissertações de mestrado e teses de doutoramento; organização da documentação dos processos de requerimentos e equivalências académicas dos alunos das Licenciaturas e Mestrados sob a responsabilidade do DEEC-TP (LEE, MEE, LETI); apoio à coordenação das Licenciaturas e Mestrados sob a responsabilidade do DEEC-TP (LEE, MEE, LETI) no contacto com docentes e investigadores e na participação em tarefas extraordinárias no âmbito das mesmas, com a concordância da Coordenação.
Ref.ª AN: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Presidência do Departamento de Engenharia Informática - Apoio administrativo aos Coordenadores de 1º e 2º ciclo; garantir a tramitação dos processos de equivalências do MEIC e LEIC; assegurar os procedimentos administrativos para o planeamento dos semestres do 1º ciclo e 2º Ciclo; garantir o apoio às tarefas inerentes aos programas de mobilidade; apoio de secretariado ao Coordenador do 3º ciclo; elaboração de tabelas com os dados dos alunos do 3º ciclo nos diversos suportes informáticos usados pelo DEI; organização de arquivo de documentos em suporte digital e papel; elaboração de ofícios e outros processos administrativos; secretariado e organização de reuniões; elaboração de atas; execução das tarefas suportadas por aplicações informáticas da rede Intranet do IST, nomeadamente SAP, Request Tracker e Fénix; elaboração de tabelas excel; necessidade de domínio avançado da língua inglesa, falada e escrita.
Ref.ª AO: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Presidência do Departamento de Matemática - Apoio administrativo aos docentes do Departamento de Matemática, em especial da unidade de ensino de Álgebra e Análise e seus colaboradores, incluindo: processamento de missões e respetivos processos de aquisição; pagamentos e processos de aquisição associados a consultores convidados; apoio à realização de seminários, conferências e workshops.
Ref.ª AP: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Mecânica Estrutural e Estruturas (ACMEE) – 1. Secretariado da coordenação da ACMEE: convocação de reuniões, acompanhamento de questões administrativas dos assuntos académicos e gestão contabilística do orçamento da ACMEE; 2. Secretariado de um grupo de onze docentes da ACMEE: lançamento e acompanhamento de procedimentos e missões nas plataformas do IST e IST-ID, execução de projetos em que estão envolvidos docentes a quem dá apoio, interface com o secretariado do DECivil, atendimento de alunos.
Ref.ª AQ: Secretariado de apoio ao ensino e investigação – Área Científica de Minas e Georrecursos - Apoio à coordenação da ACMG nos programas de mestrados internacionais AMRD – Advanced Mineral Resources and Devellopment, IMME , International Master on Mining Engineering: registo e seleção de candidatos, coordenação com as escolas internacionais dos programas; coordenação de documentação a nível de imputação horária de docentes, investigadores e funcionários, no âmbito de projetos com diversas fontes de financiamento, nomeadamente, europeu; criação e acompanhamento de processos no âmbito de aquisições e missões nas aplicações centrais da instituição, através do sistema informático SAP; registos e inscrições de docentes e investigadores em workshops, conferências, de âmbito nacional ou internacional, contemplando a execução de todo o tipo de procedimentos administrativos, decorrentes destas deslocações.
Ref.ª AR: Tecnologias de informação e comunicação – Núcleo de Design e Multimédia - Criação de storyboards para cursos online, através da compreensão de conteúdos pedagógicos e científicos facultados por instrutores, construindo uma narrativa gráfica do curso (storyboard); desenvolvimento de artefactos de comunicação impressa para projetos e eventos de carácter institucional, como: posters, brochuras, flyers, convite, banners, roll-ups, certificados, diplomas, cheques, badges e sinalética variada; criação e manutenção de material estacionário institucional (papel de carta, envelopes, carimbos, etc.); desenvolvimento de artefactos de comunicação para campanhas de divulgação, direcionada para as redes sociais; experiência profissional no desenvolvimento de artefactos de design editorial, preparação de artes finais para produção em gráfica e acompanhamento de produção de materiais impressos de longa tiragem; criação e desenvolvimento de artes-finais de artefactos de merchandising institucional; criação de logotipos para eventos, iniciativas e exposições; domínio avançado das ferramentas software Adobe Photoshop, Adobe Illustrator e Adobe InDesign; exercício de funções no âmbito das tecnologias de informação e da comunicação incluindo o apoio a atividades multimédia e audiovisuais; desempenho de tarefas no domínio da captação, edição e pós-produção de vídeo e som para potenciar a comunicação institucional de modo criativo, dinâmico, metódico e organizado; identificação de necessidades e criação de metodologias e regras a aplicar na execução de projetos em equipa multidisciplinar e coordenação entre as diversas áreas intervenientes; planeamento, pré-produção, iluminação, captação, edição e pós-produção de vídeo e áudio; experiência em realização multicâmara; domínio na manipulação de equipamento de estúdio 4K: câmaras de filmar, mistura de vídeo, sistema de gravação de vídeo e áudio multicâmara sincronizado, iluminação e controlo, teleponto e técnica de chroma-keying; criação e gestão de conteúdos vídeo para redes socais, nomeadamente Youtube; realização de reportagens vídeo de eventos internos ou externos; realização de transmissões em direto (streaming) de eventos; gestão de repositórios digitais de vídeo; criação de vídeos para comunicação institucional; criação de vídeos para campanhas de comunicação em redes sociais; domínio de Motion Graphics; captação e realização de entrevistas; domínio da masterização de áudio; experiência avançada nas ferramentas Final Cut Pro, Premiere Pro, After Effects, Media Encoder, Audition, DVD Studio Pro, DaVinci Resolve, Illustrator, Photoshop; experiência na produção de vídeo para cursos online; realização de vídeos tutoriais; digitalização de material audiovisual analógico áudio e vídeo para formato digital; experiência no uso de ferramentas de comunicação e gestão de trabalho.
Ref.ª AS: Tecnologias de informação e comunicação – Núcleo de Redes e Comunicações - Gestão e manutenção de diversos sistemas PBX, suportados em plataformas open-source; gestão e manutenção de central legacy OmniPBX 4400 e os todos os seus componentes; gestão e manutenção de Software Border Controler, assim como as interligações às diferentes instituições e operadoras; instalação, gestão e manutenção do diverso parque de terminais telefónicos analógicos, digitais e VoIP; monitorização de ataques, verificação de vulnerabilidades e testes de segurança; gestão e manutenção da plataforma de Fax over IP (FoIP); gestão e manutenção de sistemas de VoIP integrado com sistemas de autenticação centralizada; programação, gestão e manutenção dos sistemas de faturação telefónica e sua integração com o sistema contabilístico; manutenção da infraestrutura de voz; suporte técnico a serviços de telefone, VoIP e analógico; formação e suporte presencial/ telefónico aos utilizadores; otimização de sistemas telecomunicações; monitorização de sistemas, redes e soluções associadas; resolução de incidentes e problemas relacionados com a infraestrutura VoIP e legacy; elaboração de documentação de suporte; elaboração de estatísticas e relatórios de comunicações; sólidos conhecimentos de administração de sistemas, principalmente na área de Linux; bons conhecimentos na área de telecomunicações, redes e VoIP; bons conhecimentos de administração de BD (PostGresQL, MySQL); bons conhecimentos de Asterisk, Kamailio/OpenSIPS/OpenSER, FreePBX; conhecimentos de sistemas cluster de alta disponibilidade HA (Heartbeat, DRDB, Corosync); sólidos conhecimentos de administração de sistemas legacy Alcatel OmniPBX; conhecimentos de scripting, bash, perl; conhecimentos de programação em PHP; experiência em suporte e formação ao utilizador.
5. Posicionamento remuneratório: O posicionamento remuneratório dos trabalhadores recrutados terá em conta o preceituado no artigo 12.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro. A posição remuneratória de referência é a 1.ª da carreira de Assistente Técnico correspondente ao nível remuneratório 5 da tabela remuneratória única, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 10-B/2020, de 20 de março, no montante de 693,13 € (seiscentos e noventa e três euros e treze cêntimos).
6. Requisitos de admissão
6.1 – Exercer ou ter exercido funções que correspondam ao conteúdo funcional da carreira/categoria a concurso, sem o vínculo jurídico adequado, reconhecido nos termos do artigo 3.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro.
6.2 – São requisitos de admissão necessários à constituição do vínculo de emprego público os constantes do n.º 1 do artigo 17.º da LTFP, sob pena de exclusão do procedimento:
i) Ter nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, por convenção internacional ou por lei especial;
ii) Ter 18 anos de idade completos;
iii) Não estar inibido do exercício de funções públicas ou não estar interdito para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
iv) Possuir robustez física e o perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
v) Ter cumprido as leis da vacinação obrigatória.
6.3 – Requisitos habilitacionais: é exigido o 12.º ano ou a sua equiparação legalmente reconhecida, não sendo permitida a substituição do nível habilitacional por formação ou experiência profissional.
7. Os candidatos devem reunir os requisitos referidos nos números anteriores até à data limite de apresentação das candidaturas.
8. Prazo e forma para apresentação das candidaturas
8.1 – Prazo: 10 dias úteis a contar da data da publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público e na página eletrónica do IST, nos termos do n.º 5 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro.
8.2 – Forma: As candidaturas deverão ser formalizadas mediante preenchimento de formulário tipo, disponível na página eletrónica http://drh.tecnico.ulisboa.pt/tecnicos-e-administrativos/prevpap/, podendo ser enviadas por via eletrónica para recrutamento@drh.tecnico.ulisboa.pt, até às 24h00 do último dia do prazo para apresentação das candidaturas, ou remetidas por correio registado com aviso de receção, para a morada "Instituto Superior Técnico, Direção de Recursos Humanos (DRH), Av. Rovisco Pais, 1049-001 Lisboa", valendo a data aposta no registo como data de envio para efeitos de cumprimento do prazo referido no número anterior, ou entregues presencialmente no Serviço de Expedição e Correio, sito no Pavilhão Jardim Norte, nos dias úteis, entre as 13h00 e as 15h00, até ao último dia do prazo para apresentação das candidaturas, em envelope fechado com a referência “DRH – PREVPAP”.
8.3 – No formulário de candidatura são de preenchimento obrigatório: identificação do procedimento concursal objeto da candidatura e da respetiva referência; identificação do candidato (nome, data de nascimento, nacionalidade, número de identificação fiscal, residência, telefone e endereço eletrónico); habilitações académicas e profissionais.
8.4 – Documentação adicional: O formulário, devidamente datado e assinado, deverá ser acompanhado, sob pena de exclusão nos termos previstos no n.º 8 do artigo 20.º da Portaria, de:
a) Fotocópia simples e legível do certificado de habilitações literárias;
b) Currículo profissional detalhado e atualizado, datado e assinado;
c) Fotocópia dos certificados ou comprovativos de ações de formação realizadas.
8.5 – Nos termos do disposto no n.º 8 do artigo 20.º da Portaria, a não apresentação dos documentos atrás referidos determina a exclusão dos candidatos.
8.6 – Assiste ao júri a faculdade de exigir aos candidatos, em caso de dúvida, a apresentação de documentos comprovativos das suas declarações.
8.7 - O júri, por sua iniciativa ou a requerimento do candidato, pode conceder um prazo suplementar razoável para apresentação dos documentos exigidos quando seja de admitir que a sua não apresentação atempada se tenha devido a causas não imputáveis ao candidato.
8.8 - As falsas declarações serão denunciadas ao Ministério Público e punidas nos termos da lei.
9. Métodos de seleção
9.1 – Nos termos previstos no n.º 6 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, o método de seleção a utilizar será a avaliação curricular.
A avaliação curricular é valorada de acordo com a escala de 0 a 20 valores, considerando-se a valoração até às centésimas. Visa avaliar a qualificação dos candidatos, designadamente a habilitação académica e profissional, percurso profissional, relevância da experiência adquirida e da formação realizada, tipo de funções exercidas e a avaliação de desempenho obtida. Para tal, serão considerados e ponderados os elementos de maior relevância para o posto de trabalho, nomeadamente: as habilitações académicas, a formação profissional, a experiência profissional e o tempo de desempenho no período anterior, no exercício de funções caracterizadoras dos postos de trabalho a concurso.
A classificação será atribuída, seguindo a aplicação da seguinte fórmula:
AC = (0,30?HA) + (0,20?FP) + (0,50?EP)
9.1.1 – Habilitação Académica (HA)
Será considerada a titularidade de grau académico ou a sua equiparação legalmente reconhecida. A habilitação exigida é o 12.º ano ou a sua equiparação legalmente reconhecida; serão, portanto, excluídos os candidatos com habilitação de nível inferior.
9.1.2 – Formação Profissional (FP)
Neste item, serão ponderadas as ações de formação e aperfeiçoamento profissional, relacionadas com a área de atividade dos postos de trabalho a ocupar.
A avaliação da adequação da formação profissional adquirida à área funcional dos lugares postos a concurso será feita em face da Formação Profissional concreta apresentada, tendo em consideração os conteúdos funcionais dos postos de trabalho.
9.1.3 – Experiência Profissional (EP)
Será considerada a experiência nas áreas de atividade caracterizadoras dos postos de trabalho postos a concurso, ponderada de acordo com a sua duração e enquadramento.
10 – A publicitação dos resultados obtidos na avaliação curricular é efetuada através de lista, ordenada alfabeticamente, afixada em local visível e público nas instalações da DRH do IST e na sua página eletrónica.
11 – Haverá lugar à audiência de interessados, nos termos do Código do Procedimento Administrativo, após a aplicação do método de seleção único e antes de ser proferida a decisão final. Os candidatos excluídos serão notificados para o efeito pela forma prevista na primeira parte da alínea a) do artigo 10.º da Portaria.
12 – Nos termos do n.º 6 do artigo 11.º da referida portaria, as atas do júri, onde constam os parâmetros de avaliação e respetiva ponderação de cada um dos métodos de seleção a utilizar, a grelha classificativa e o sistema de valoração final dos métodos, encontram-se disponíveis para consulta em http://drh.tecnico.ulisboa.pt/tecnicos-e-administrativos/prevpap/.
13 – A lista de classificação final dos candidatos aprovados, após homologação, é publicada na Bolsa de Emprego Público, disponibilizada nas vitrinas e página eletrónica da DRH do IST, sendo ainda publicado um aviso na 2.ª série do Diário da República, com informação sobre a sua publicitação, nos termos do n.º 5 do artigo 28.º da Portaria.
14 – O procedimento concursal tem caráter urgente, prevalecendo as funções próprias do júri sobre quaisquer outras.
15 – Nos termos do disposto no n.º 4 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, o presente aviso será publicitado na Bolsa de Emprego Público (www.bep.gov.pt) e na página eletrónica da DRH.
16. Composição do Júri:
Presidente:
Nuno Alexandre de Brito Pedroso, Administrador do Instituto Superior Técnico.
Vogais efetivos:
Jorge Manuel Ferreira Morgado, Professor Catedrático, o qual substituirá o Presidente nas suas faltas e impedimentos;
Rui Filipe Alves Mendes, Diretor da Direção de Recursos Humanos.
Vogais suplentes:
Carla Maria de Carvalho Pereira, Coordenadora da Área de Gestão de Recursos Humanos;
António Luís Vieira da Luz Araújo Sol, Coordenador do Núcleo de Técnicos e Administrativos e Bolseiros.

Lisboa, Instituto Superior Técnico, 2 de abril de 2020
Prof.ª Helena Maria dos Santos Geirinhas Ramos
Vice-Presidente para a Gestão Administrativa

Autorização dos membros do Governo Artigo 30.º da LTFP:
DISPENSADA, nos termos do n.º1 do artigo 9.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro