Ir para conteúdo principal
  
Registar Organismo
A carregar.
ver tudo

Código da Oferta:
OE202002/0030
Tipo Oferta:
Procedimento Concursal de Regularização
Estado:
Expirada estado
Nível Orgânico:
Ministério da Educação
Vínculo:
CTFP por tempo indeterminado
Regime:
Carreiras Gerais
Carreira:
Técnico Superior
Categoria:
Técnico Superior
Grau de Complexidade:
3
Remuneração:
1201,48€ que corresponde ao 2º nível remuneratório da Tabela Remuneratória Única.
Suplemento Mensal:
0,00 EUR
Caracterização do Posto de Trabalho:
Exercício de funções correspondentes à categoria de Técnico Superior, tal como descrito no Anexo referido no nº 2 do artigo 88º da LTFP, e de acordo com as atividades inerentes às de Técnico Superior - Generalista.


Local TrabalhoNº PostosMoradaLocalidadeCódigo PostalDistritoConcelho
Escola Secundária Avelar Brotero3Rua General Humberto Delgado3030327 COIMBRACoimbra Coimbra
Total Postos de Trabalho:
3
Observações:

Relação Jurídica Exigida:
Sem Relação Jurídica de Emprego Público - Reconhecimento de Vínculo Precário
Requisitos para a Constituição de Relação Jurídica :
a) Nacionalidade Portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;
b) 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.


Habilitação Literária:
Licenciatura
Descrição da Habilitação Literária:
Ser detentor de Licenciatura, grau de complexidade 3 (alínea c) do nº 1 do artigo 86 da LTFP.
Grupo Área TemáticaSub-área TemáticaÁrea Temática
Área Temática IgnoradaÁrea Temática IgnoradaÁrea Temática Ignorada
Outros Requisitos:
Envio de candidaturas para:
direccao@esab.pt
Contatos:
239 701 564
Data Publicitação:
2020-02-03
Data Limite:
2020-02-17

Descrição do Procedimento (incluindo obrigatoriamente o previsto nas alíneas a) e n) a t) do nº. 4 do artigo 11.º da Portaria 125-A/2019):
Nos termos do disposto nos artigos 9º e 10º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro que estabelece o Programa de Regularização Extraordinária de Vínculos Precários da Administração Pública, torna-se público que por Despacho do Sr. Diretor da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra de 30/01/2020, no uso das competências que lhe foram delegadas pelo Despacho nº 9348/2019 proferido em 10 de outubro de 2019, publicado em 16 de outubro de 2019 no Diário da República, II Série, nº 199 da Exmª Srª Diretora-Geral da Administração Escolar, encontra-se aberto , pelo prazo de 10 dias úteis a contar da publicação do presente aviso, na Bolsa de Emprego Público - BEP, procedimento de regularização extraordinária de vínculos precários na administração pública - PREVPAP, para a constituição de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado para o preenchimento de três postos de trabalho na Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra, na Categoria de Técnico Superior da Carreira de Técnico Superior.
Métodos de seleção: O método de seleção a utilizar será a avaliação curricular.
Forma e prazo de apresentação de candidaturas:
1. Prazo: 10 dias úteis a contar do dia seguinte da data da publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público e na página eletrónica da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra;
2. Forma: As candidaturas deverão ser submetidas, obrigatoriamente, mediante preenchimento de formulário próprio disponibilizado eletronicamente no Sistema Interativo de Gestão de Recursos Humanos da Educação - SIGRHE > Situação Profissional > PND - Procedimentos concursais > Formulário de candidatura no portal da Direção-Geral da Administração Escolar (www.dgae.mec.pt) e formalizadas através da entrega, nas instalações da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra, ou enviadas pelo correio, para a morada identificada no nº 3 do presente Aviso, em carta registada com Aviso de receção, dirigidas ao Sr. Diretor da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra ou remetidas por via eletrónica para o endereço de email direccao@esab.pt, até às 24h00 do último dia do prazo para apresentação das candidaturas, dos seguintes documentos:
a) Fotocópia do certificado de Habilitações;
b) Fotocópia dos Certificados ou comprovativos de ações de formação realizadas com relevância para o posto de trabalho objeto de candidatura;
c) Curriculum Vitae;
d) Certificado do registo criminal, de acordo com o artigo 2º da Lei nº 113/2009, de 17 de setembro;
e) Declaração emitida pelo serviço onde o candidato se encontra a exercer ou tenha exercido funções, devidamente atualizada e autenticada, onde conste, de forma inequívoca, a categoria com descrição detalhada das funções, atividades, atribuições e competências inerentes ao posto de trabalho ocupado pelo candidato, devendo a mesma ser complementada com informação referente às menções qualitativas e quantitativas obtidas na avaliação de desempenho dos últimos três anos;
3. Nos termos do disposto no nº 8 do artigo 20º da Portaria nº 125-A/2019, de 30 de abril, a não apresentação dos documentos atrás referidos determina a exclusão dos candidatos.
Forma de publicitação: A lista unitária de ordenação final dos candidatos, após homologação do Sr. Diretor da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra é publicada na BEP, afixada em local público e visível das instalações da Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra e disponibilizada na respetiva página eletrónica, sendo ainda publicado um aviso na II Série do Diário da República, com informação sobre a publicitação, nos termos do nº 5 do artigo 28º da Portaria nº 125-A/2019, de 30 de abril.
Composição e identificação do júri:
Presidente:
António Carlos Jorge Gomes - Adjunto da Direção
Vogais efetivos:
Ana Bela Alfaro Martins Cardoso - Técnica Superior licenciada em Psicologia;
Maria Ivone Jesus Santos Tomás - Professora Grupo 920;
Vogais Suplentes:
Elisabete Maria Marques Pimpão - Técnica Superior licenciada em Psicologia;
Maria Amélia Peixoto Marques - Professora Grupo 910.
Autorização dos membros do Governo Artigo 30.º da LTFP:
DISPENSADA, nos termos do n.º1 do artigo 9.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro