Ir para conteúdo principal
  
Registar Organismo
A carregar.
ver tudo

Código da Oferta:
OE201902/0438
Tipo Oferta:
Procedimento Concursal de Regularização
Estado:
Expirada estado
Nível Orgânico:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
Órgão/Serviço:
Vínculo:
CTFP por tempo indeterminado
Regime:
Carreiras Gerais
Carreira:
Assistente Técnico
Categoria:
Assistente Técnico
Grau de Complexidade:
2
Remuneração:
683,13€
Suplemento Mensal:
0,00 EUR
Caracterização do Posto de Trabalho:
O posto de trabalho carateriza-se pelo exercício de funções na categoria de Assistente Técnico, tal como descrito no anexo a que se refere o n.º 2 do artigo 88.º da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho: funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos, com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços, designadamente, as seguintes funções:
a) Funções de apoio ao serviço clínico e ao serviço de laboratório: serviços vários no Laboratório de Reprodução (implica manipulação de sémen e lavagem de material) e no Laboratório de Anatomia Patológica (implica coloração de lâminas e lavagem de material);
b) Organização e envio de material /amostras para laboratórios externos;
c) Apoio ao serviço de secretaria que inclui, nomeadamente, faturação no SIAG, abertura e fecho de caixa, atendimento de clientes, atendimento telefónico, atualização do ficheiro de clientes, registo de fichas no programa PetUniversal;
d) Apoio aos internamentos, nomeadamente, em limpeza e desinfeção de jaulas (implica limpeza de fezes, urina, vómito, diarreia, sangue, pelos), lavagem de comedouros, retirar roupa suja dos dejetos dos animais, segurar animais para tratamentos (principalmente cães, gatos e cavalos);
e) Lavagem/tratamento de roupa dos internamentos e cirurgias;
f) Limpeza (armários, estantes, bancadas, etc.) e arrumação das várias salas do Hospital Veterinário.
Estas tarefas poderão ser realizadas também em horário de fins de semana, em regime de rotatividade.


Local TrabalhoNº PostosMoradaLocalidadeCódigo PostalDistritoConcelho
Universidade de Évora1Largo dos Colegiais, n.º 2Évora7004516 ÉVORAÉvora Évora
Total Postos de Trabalho:
1
Observações:

Relação Jurídica Exigida:
Sem Relação Jurídica de Emprego Público - Reconhecimento de Vínculo Precário
Requisitos para a Constituição de Relação Jurídica :
a) Nacionalidade Portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;
b) 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.


Habilitação Literária:
12º ano (ensino secundário)
Outros Requisitos:
Requisitos preferenciais:
Bons conhecimentos de programas de faturação; Bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador; Bons conhecimentos de inglês.
Competências:
Capacidade de organização; Resistência em situações de stress; Capacidade de gestão do tempo; Capacidade de relacionamento interpessoal; Capacidade de trabalho em equipa.
Envio de candidaturas para:
Universidade de Évora - D.R.H, Serv. Administrativos, Largo da Sr.ª da Natividade, 7002-554 Évora
Contatos:
266760969
Data Publicitação:
2019-02-19
Data Limite:
2019-03-05

Texto Publicado na página do organismo:
1 - Nos termos do disposto nos artigos 9º e 10º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro, torna-se público que, por despacho da Reitora da Universidade de Évora de 04/02/2019, se encontra aberto, pelo prazo de dez dias úteis contados a partir da data de publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público (BEP) e na página eletrónica dos Serviços Administrativos da Universidade de Évora, procedimento concursal comum com vista ao preenchimento de um posto de trabalho na carreira e categoria de Assistente Técnico para o Hospital Veterinário da Universidade de Évora, na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado.
2 - Legislação aplicável: Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro, Lei Geral de Trabalho em Funções Públicas (LTFP), aprovada pela Lei nº 35/2014, de 20 de junho na sua redação atual; Portaria nº 83-A/2009, de 22 de janeiro, com a nova redação introduzida pela Portaria nº 145-A/2011, de 6 de abril e Código de Procedimento Administrativo (CPA).
3 – Nos termos do nº 1 do artigo 9º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro, o presente procedimento concursal está dispensado da autorização dos membros do Governo prevista no artigo 30º da LTFP.
4 – Local de trabalho: Hospital Veterinário da Universidade de Évora, em Valverde, Évora.
5 – Fundamentos para a abertura do procedimento concursal comum – o presente procedimento concursal é aberto nos termos do disposto nos artigos 9º e 10º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro.
6 – Caracterização dos postos de trabalho – Os postos de trabalho caraterizam-se pelo exercício de funções na categoria de Assistente Técnico, tal como descrito no anexo a que se refere o n.º 2 do artigo 88.º da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho: funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos, com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços, designadamente, as seguintes funções:
a) Funções de apoio ao serviço clínico e ao serviço de laboratório: serviços vários no Laboratório de Reprodução (implica manipulação de sémen e lavagem de material) e no Laboratório de Anatomia Patológica (implica coloração de lâminas e lavagem de material);
b) Organização e envio de material /amostras para laboratórios externos;
c) Apoio ao serviço de secretaria que inclui, nomeadamente, faturação no SIAG, abertura e fecho de caixa, atendimento de clientes, atendimento telefónico, atualização do ficheiro de clientes, registo de fichas no programa PetUniversal;
d) Apoio aos internamentos, nomeadamente, em limpeza e desinfeção de jaulas (implica limpeza de fezes, urina, vómito, diarreia, sangue, pelos), lavagem de comedouros, retirar roupa suja dos dejetos dos animais, segurar animais para tratamentos (principalmente cães, gatos e cavalos);
e) Lavagem/tratamento de roupa dos internamentos e cirurgias;
f) Limpeza (armários, estantes, bancadas, etc.) e arrumação das várias salas do Hospital Veterinário.
Estas tarefas poderão ser realizadas também em horário de fins de semana, em regime de rotatividade.
6.1 – Requisitos preferenciais:
a) Bons conhecimentos de programas de faturação;
b) Bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador;
c) Bons conhecimentos de inglês.
6.2 - Competências:
Capacidade de organização; Resistência em situações de stress; Capacidade de gestão do tempo; Capacidade de relacionamento interpessoal; Capacidade de trabalho em equipa.
7 – Habilitações académicas: 12º ano de escolaridade, sem possibilidade de substituição ao nível habilitacional por formação ou experiência profissional.
8 – Posicionamento remuneratório: a remuneração a auferir é fixada nos termos do artigo 12º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro, correspondendo à 1ª posição remuneratória, nível 5 da tabela remuneratória única no valor de 683,13€, da categoria/carreira de assistente técnico.
9 – Requisitos de admissão relativos ao trabalhador:
9.1. – Exerça ou tenha exercido funções que correspondam ao conteúdo funcional da carreira/categoria a concurso, sem o vínculo jurídico adequado, que cumpram os requisitos previstos na alínea a) ou b) do nº 1, do artigo 3º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro e que satisfaçam necessidades permanentes; Pessoas reconhecidas como satisfazendo necessidades permanentes, sem vínculo adequado, em parecer da Comissão de Avaliação Bipartida da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
9.2 – Ser detentor dos requisitos cumulativos, enunciados no artigo 17º da LTFP:
a) Ter nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;
b) Ter 18 anos de idade completos;
c) Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar;
d) Robustez física e perfil psíquico indispensável ao exercício das funções;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.
9.3 – Possuir as habilitações literárias constantes do ponto 7. do presente aviso.
101 – Forma e prazo de apresentação das candidaturas:
10.1 – Prazo – dez dias úteis a contar da data da publicitação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público e na página eletrónica dos Serviços Administrativos da Universidade de Évora, http://www.sadm.uevora.pt.
10.2 – Forma: As candidaturas são obrigatoriamente apresentadas mediante preenchimento do formulário próprio, disponível na página eletrónica, podendo ser enviadas por correio eletrónico para o endereço drhsc@uevora.pt, até às 24 horas do último dia do prazo para apresentação das candidaturas, pessoalmente, durante o horário normal de expediente (9h-12h30m e 14h-17h30m) na morada a seguir indicada, ou remetidas por correio registado até ao termo do prazo, para Divisão de Recursos Humanos, Largo da Sra. da Natividade, 7002-554 Évora.
10.3 – Com a candidatura devem ser entregues os seguintes documentos:
a) Documentos comprovativos das habilitações literárias;
b) Documentos comprovativos das ações de formação frequentadas, com relevância para o posto de trabalho objeto de candidatura;
c) Curriculum vitae detalhado e atualizado, datado e assinado, acompanhado de todos os documentos relevantes para apreciação do seu percurso profissional em sede de avaliação curricular, nomeadamente a experiência profissional, as avaliações de desempenho se as tiver, que se relacionem com as atividades e as competências inerentes ao posto de trabalho a que se candidata.
10.4 – Nos termos do disposto no nº 9 do artigo 28º da Portaria 83-A/2009, de 22 de janeiro, na atual redação, a não apresentação dos documentos atrás referidos determina a exclusão dos candidatos.
11 – Assiste ao júri a faculdade de exigir aos candidatos, em caso de dúvida, a apresentação de documentos comprovativos das suas declarações.
12 – Métodos de seleção – Nos termos do nº 6 do artigo 10º da referida Lei nº 112/2017, de 20 de dezembro, o método de seleção obrigatório a utilizar será o da Avaliação Curricular.
12.1 – A Avaliação curricular é valorada de acordo com a escala de 0 a 20 valores, considerando-se a valoração até às centésimas e visa avaliar a qualificação dos candidatos, designadamente a habilitação académica, percurso profissional, relevância de experiência adquirida e da formação
realizada, tipo de funções exercidas e a avaliação de desempenho obtida. Para tal, serão considerados e ponderados os elementos de maior relevância para o posto de trabalho, nomeadamente: as habilitações académicas, a formação profissional, a experiência profissional e o tempo de desempenho no período anterior, no exercício de funções caraterizadoras do posto de trabalho a concurso.
12.2 – São motivos de exclusão do presente procedimento:
a) O incumprimento dos requisitos mencionados neste aviso;
b) A obtenção de uma valoração inferior a 9,5 valores na avaliação curricular.
12.3 - Classificação final (CF) - A Classificação Final (CF), expressa na escala de 0 a 20 valores, com arredondamento às centésimas correspondendo à classificação obtida no método Avaliação Curricular.
12.4 – Haverá lugar à audiência de interessados, nos termos do Código do Procedimento Administrativo, após a aplicação do método de seleção Avaliação Curricular e antes de ser proferida a decisão final. Os candidatos excluídos serão notificados, como estatui o nº 3 do artigo 30º da Portaria nº 83-A/2009, de 22 de janeiro, preferencialmente, por correio eletrónico, nos termos dos nos 7 e 8 do artigo 10º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro.
12.5 - A ata da reunião do júri onde constam os parâmetros de avaliação e respetiva ponderação do método de seleção a utilizar, bem com o sistema de valoração do método, será facultada aos candidatos, sempre que solicitada.
12.6 – A publicitação da lista de classificação final homologada, contendo os resultados obtidos na avaliação curricular, é publicada na página eletrónica em www.sadm.uevora.pt.
12.7 - O procedimento concursal tem o caráter urgente, prevalecendo as funções próprias do júri sobre quaisquer outras.
13 – Composição do júri que será simultaneamente júri de avaliação do período experimental:
Presidente: José Luís Tirapicos Nunes, Diretor do Hospital Veterinário.
Vogais efetivos:
Nuno Miguel Lourenço Alexandre, Diretor Clínico do Hospital Veterinário, que substituirá o presidente nas suas faltas e impedimentos;
Ana Margarida Rainho Candeias, Técnica superior.
Vogais suplentes:
Rui Miguel Carracha Charneca, Responsável pelo Laboratório de Reprodução;
Sandra Maria da Silva Branco, Responsável pelo Laboratório de Anatomia Patológica.
14 – Quotas de emprego: de acordo com o decreto-lei nº 29/2001, de 3 de fevereiro, o candidato com deficiência tem preferência em igualdade de classificação, a qual prevalece sobre qualquer preferência legal. Os candidatos devem declarar no ponto 8.1 do formulário de candidatura, o respetivo grau de incapacidade e o tipo de deficiência, nos termos do diploma supramencionado.
15 – A autorização da abertura do presente concurso decorre do cumprimento de um dever legal, consagrado na alínea b) do nº 1 do artigo 8º da Lei nº 112/2017, de 29 de dezembro. Sem prejuízo, encontra-se a Universidade de Évora vinculada, igualmente, ao cumprimento da Lei de Enquadramento Orçamental, aprovada pela Lei nº 151/2015, de 11 de setembro - lei de valor reforçado - pelo que a conclusão do procedimento de recrutamento ficará condicionada, nos termos da alínea b) do artigo 157º do Código de Procedimento Administrativo, ao reforço da dotação orçamental, a realizar pelo Estado Português, para suportar esta despesa adicional que é imputável à sua iniciativa legislativa e que se revela incompatível com a execução orçamental aprovada pela Universidade de Évora.
19/02/2019, A Administradora da Universidade de Évora, Maria Cesaltina Frade
Autorização dos membros do Governo Artigo 30.º da LTFP:
DISPENSADA, nos termos do n.º1 do artigo 9.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro



Tipo Resultados:
Classificação Final
Resultados:
Resultados Publicitados
Data Início Publicitação Resultados:
2019-06-05
Ficheiro Resultados:
Assistente tecnico PREVPAP - HV.pdf Ver Ficheiro